Advogado dele havia anunciado esta medida para segunda-feira, mas resolveu adiantar o procedimento.

O rapaz suspeito de ter matado a tiros um adolescente de 15 anos, em Astolfo Dutra na madrugada de sexta-feira para sábado, 27 de julho, entregou-se à Polícia Militar acompanhado de seu advogado, José Adalberto Almeida da Cunha, na tarde deste domingo, 28. A informação foi confirmada pelo comandante do Destacamento da PM naquela cidade, sargento Wanderson Henriques que participou da negociação que culminou na apresentação do suspeito, que fez 18 anos de idade neste sábado.

De acordo com sargento Wanderson durante o dia a PM fez buscas pelo suspeito em toda a cidade. No começo da tarde o advogado dele entrou em contato com a PM para marcar local e horário da apresentação de seu cliente o que aconteceu por volta das 16 horas. Em seguida, o jovem, que não está preso, porque terminou o prazo de prisão em flagrante, foi conduzido para a Delegacia Regional de Polícia Civil em Leopoldina para prestar depoimento previsto para acontecer até o início da noite. Ele deverá responder ao processo em liberdade. O caso foi registrado pelos policiais cabos Maurício e Rodner com a participação de sargento Wanderson que deixou sua folga para colaborar com a equipe.

Fonte: Marcelo Lopes

Category: Notícias

Adicionar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.